Segunda-feira, 9 de Março de 2009

4 razões para aprender Tarot

Muitos são os que sentem a curiosidade de aprenderem a interpretar o Tarot. Deixo-vos aqui 4 razões para que ajude a decidir a dar o passo e iniciar-se num curso de Tarot.

A minha parteleira de Tarot

Paz de espírito


O processo de aprendizagem do Tarot leva-nos a uma viagem de auto-descoberta. No decorrer dessa viagem conhecimentos as nossas virtudes e os nossos defeitos. Os nossos pontos fortes e todos os nossos pontos fracos. E, acima de tudo, aprendemos a aceitarmo-nos tal como nós somos. Seres imperfeitos continuamente a aprendermos a viver. Isso traz uma paz de espírito dificilmente de igualar. Ganhamos a força de nos olhar no espelho e vermos para la dos adornos, roupas ou pinturas. Vemo-nos como nós somos. E gostamos do que vemos.


Entrar em contacto com a espiritualidade


Interpretar o Tarot liga-nos com que de mais espiritual existe dentro de nós. Os nossos guias, a nossa intuição, a nossa voz interior. Abrem-se-nos portas que nem sabíamos existir. Durante uma leitura de Tarot, o nosso espírito funde-se com o espírito do consultante, e ambos os corações batem ao mesmo ritmo. Sentimos uma envolvência e uma espiritualidade dificilmente alcançada de outra forma.


Conhecer pessoas com mentalidade abertas e interesses diferentes


Muitas pessoas se cruzam no nosso caminho diariamente. Pessoas entram e saem, umas deixando a sua marca, outras passando completamente despercebidas. No caminho que se escolhe ao decidir aprender a interpretar o Tarot, muitas pessoas irão cruzar nosso caminho. Pessoas comuns, iluminados, Mestres, e todos os outros tipos de pessoas que existem neste mundo. Neste caminho iremos conhecer pessoas que nos enriquecem. Que partilham connosco vivências e experiências únicas. Com histórias de vida igualmente únicas.


Uma forma de ganhar algum dinheiro extra


Esta é provavelmente uma afirmação polémica. Muitos são os que defendem que não se deve cobrar dinheiro para ter uma leitura de Tarot. Outros acham que o pagamento é parte integrante da leitura sem a qual a mesma não faz sentido. A minha opinião neste assunto é simples. Acho que sempre que existe um acto, existe uma retribuição de alguma forma. Quem faz caridade recebe em troca o perdão pelos pecados, o sentimento de que fez bem, o sentir-se tornar melhores pessoas. Até mesmo podem ter retribuições na forma de publicidade para os seus negócios ou criam uma rede de conhecimentos que os permite obter a retribuição, indirectamente. Nenhum sistema no Universo funciona de uma forma unilateral. Sempre que há uma acção, há uma reacção. Assim, a retribuição financeira funciona como a reacção necessária para que o equilibro se mantenham. Esta é apenas o meu ponto de vista.


O Tarot pode ser encarado como um hobby. Mas poderá ser encarado como uma forma de ter algum fundo extra mensalmente. Nestes tempo de crise, toda a ajuda é pouca.

 

curso de tarot online

publicado por Zen às 17:40
link do post | comentar | favorito
|

 

curso de tarot online

consulta de tarot

.posts recentes

. Uma pequena satisfação.

. Uma pequena oração

. Carta da semana: Rei de C...

. Especial Halloween - Um l...

. A responsabilidade de ser...

. Balança e o seu Anjo prot...

. Novo curso de leitura de ...

. O lançamento das 3 cartas

. Leitura de Tarot para o A...

. Aprender a desculpar. Com...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds