Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Leitura de Tarot para o Ano Novo

 

 

 

E como já vem sendo hábito, tenho o especial de fim do ano a ser lançado agora. Todos os anos por esta altura, apresento uma leitura especial, mais extensa, que cobre todos os aspectos do ano vindouro. Esta leitura apresenta, para cada mês, uma leitura para as finanças, saúde, trabalho e, claro, amor.

 

Peça Já a sua leitura especial de fim de ano, ao preço de uma leitura normal.

 

Contacte-me para nyydia@gmail.com

 

Leitura Especial de Fim do Ano

Custo: 25,00€

publicado por Zen às 14:02
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

Aprender a desculpar. Começando pelo que é importante.

Identificar o que perdoar

 

No fundo identificar quem perdoar é simples. É de facto muito simples. A primeira pessoa, a mais importante de todas, que temos de perdoar, somos nós mesmos. Temos de nos perdoar. Temos de nos livrar do peso das escolhas, das opções. Das nossas opções. No fundo é isso mesmo que está em causa.

 

Aprender a perdoar
No entanto, a parte mais difícil é e será sempre idenficar o que perdoar. É nesse campo em que devemos, antes de mais, empregar o nosso tempo. É sobre esse aspecto que devemos meditar.

 

Eu proponho o seguinte exercício:

 

Sente-se, em silêncio e com pouco luz. Num local onde saiba que não vão haver interrupções. Depois, aos poucos, veja o que não gosta em si. Identifique cada ponto, um a um. Depois, em cada um desses pontos, identifique a causa. E acredite que há sempre uma causa. Nós consideramo-nos culpados de tudo. E muitas vezes somos. Mas a nossa principal culpa é a de não agirmos. De nada fazermos para mudar a situação. E essa é a actitude a tomar.

 

Muitas vezes culpamo-nos como se de outra pessoa tratasse. Comemos demais, e em vez de comermos menos, recriminamo-nos por comer demais. É um contínuo jogo de culpas e de recriminações. Culpas e recriminações que levam a mais culpas, a mais recriminações. E, no fim de todas as contas, à tristeza.

 

Desculpem-se. Se não conseguirem desculpar tudo, desculpem uma coisa. Por pequena que seja. É importante enchermos o coração com a energia positiva do perdão e do amor. Do perdoar apesar de não gostarmos. De aceitarmos que não podemos mudar o passado. Pois o que foi feito, feito está. Mas podemos olhar para o futuro. E qualquer estrada é feita melhor com uma mochila leve às costas em vez de trazermos toda a nossa bagagem atrás,

 

Por isso fica o meu conselho:

Perdoem-se!

publicado por Zen às 23:32
link do post | comentar | favorito

.posts recentes

. Uma pequena satisfação.

. Uma pequena oração

. Carta da semana: Rei de C...

. Especial Halloween - Um l...

. A responsabilidade de ser...

. Balança e o seu Anjo prot...

. Novo curso de leitura de ...

. O lançamento das 3 cartas

. Leitura de Tarot para o A...

. Aprender a desculpar. Com...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds