Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Uma pequena oração

Senhor Deus Pai,
Com o Teu infindável Amor
Envias os teus Anjos para olhar por nós.
Ouve as nossas preces
Defende-nos dos outros mas acima de tudo defende-nos de nós próprios
E poderemos partilhar a nossa vida em Deus e os Anjos para sempre.
publicado por Zen às 19:18
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

Aprender a desculpar. Começando pelo que é importante.

Identificar o que perdoar

 

No fundo identificar quem perdoar é simples. É de facto muito simples. A primeira pessoa, a mais importante de todas, que temos de perdoar, somos nós mesmos. Temos de nos perdoar. Temos de nos livrar do peso das escolhas, das opções. Das nossas opções. No fundo é isso mesmo que está em causa.

 

Aprender a perdoar
No entanto, a parte mais difícil é e será sempre idenficar o que perdoar. É nesse campo em que devemos, antes de mais, empregar o nosso tempo. É sobre esse aspecto que devemos meditar.

 

Eu proponho o seguinte exercício:

 

Sente-se, em silêncio e com pouco luz. Num local onde saiba que não vão haver interrupções. Depois, aos poucos, veja o que não gosta em si. Identifique cada ponto, um a um. Depois, em cada um desses pontos, identifique a causa. E acredite que há sempre uma causa. Nós consideramo-nos culpados de tudo. E muitas vezes somos. Mas a nossa principal culpa é a de não agirmos. De nada fazermos para mudar a situação. E essa é a actitude a tomar.

 

Muitas vezes culpamo-nos como se de outra pessoa tratasse. Comemos demais, e em vez de comermos menos, recriminamo-nos por comer demais. É um contínuo jogo de culpas e de recriminações. Culpas e recriminações que levam a mais culpas, a mais recriminações. E, no fim de todas as contas, à tristeza.

 

Desculpem-se. Se não conseguirem desculpar tudo, desculpem uma coisa. Por pequena que seja. É importante enchermos o coração com a energia positiva do perdão e do amor. Do perdoar apesar de não gostarmos. De aceitarmos que não podemos mudar o passado. Pois o que foi feito, feito está. Mas podemos olhar para o futuro. E qualquer estrada é feita melhor com uma mochila leve às costas em vez de trazermos toda a nossa bagagem atrás,

 

Por isso fica o meu conselho:

Perdoem-se!

publicado por Zen às 23:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

Curso de Tarot Intuitivo

Contacto:

Nydia: nyydia@gmail.com

 

curso de tarot intuitivo

 

Duração do curso:
8 semanas

O que posso aprender neste curso:
O curso de Tarot Intuitivo foi pensado para fornecer toda a informação necessária para a leitura do Tarot para a própria pessoa ou a outras. Quer por hobbie, quer profissionalmente. O método de ensino proporciona um gradual abrir de mente e uma ginástica contínua à intuição e aos sentidos interiores de cada pessoa. Quer queira aprender o Tarot para ter uma actividade paralela (ou ser a actividade principal) quer queira aprender apenas para si, O Curso de Tarot Intuitivo é a melhor forma de aprender.

O que contém o curso:
O curso é efectuado em três fases distintas. Uma primeira fase onde será trabalhada a intuição e os sentidos não directos (ou olhar e ouvir interiores, o sentir com a alma), uma segunda onde terá contacto com o Tarot tradicional, sua história e significados e uma terceira fase onde se prepararão os alunos para uma via profissional com o Tarot. No final do curso será entregue um certificao de participação.

A quem se destina o curso:
A todos os que desejam aprender os caminhos do Tarot. Seja para ler para si próprios, seja para ler a outras pessoas por hobbie ou profissionalmente. No decorrer do curso serão fornecidos todos os dados de como estabelecer uma actividade sólida com o Tarot.

Como se processa:
Através do seu e-mail, receberá semanalmente dois e-mails com teoria, e muitos exercícios e tarefas que deverá completar. Todos os exercícios e tarefas têm objectivos que serão avaliados individualmente. No final será atribuído uma nota final que será impressa no certificado de participação.

 

curso de tarot intuitivo

 

Onde se desenrola:
No conforto do seu lar, através da internet. Para além das mensagens periódicas, estará todos os dias, de segunda a sexta, uma profissional experiente para ajudar, acompanhar e tirar todas as dúvidas que surjam no decorrer dos estudos.

Quantas pessoas estão numa mesma turma:
Apenas uma. Todos os cursos são personalizados e todas as mensagens enviadas são escritas e enviadas para uma pessoa apenas. O conteúdo é fornecido consoante a aptidão e velocidade de conhecimento. Há a possibilidade de prolongar o curso caso o aluno assim necessite por mais duas semanas, sem qualquer custo.

Quanto é o investimento no curso:
O custo total do curso é de 200,00€ sendo metade pago na inscrição, e a segunda metade no início da 5ª semana de curso.

Quando haverá uma nova turma:
Como cada curso é personalizado, o curso pode começar em qualquer altura. Solicite hoje mesmo mais informações. Receberá um questionário para responder e iniciará o curso 48 horas depois.

 

Nydia: nyydia@gmail.com

publicado por Zen às 15:21
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

O Tarot e os arcanos menores

Os Arcanos Menores, ao contrário dos Maiores, representam aspectos diários da vida da os arcanos menores e seu significadopessoa.Podemos, inclusive, dizer que falam da relação da pessoa com o mundo que a cerca. Enquanto os Arcanos Maiores falam dos mistérios internos do indivíduo, os Menores falam dos mistérios externos. Menos profundos e fáceis de se absorver em seu simbolismo (fortemente apoiados na astrologia, geomancia e no I Ching), os Arcanos Menores são, na maioria das vezes, desprezados, como se não tivessem nenhuma serventia.

Maior erro não poderia haver, pois, apesar de serem mais fáceis, são extremamente importantes no desenvolvimento da mente do indivíduo, uma vez que auxiliam no domínio do mundo exterior e contribuem para diminuir o impacto entre a mente e a realidade. Muitas vezes três de copas - arcano menorsomos tomados por dúvidas e por insegurança, quando somos colocados em situações que não dominamos por completo. Nesses casos, os Arcanos Menores podem ser de grande valia, pois auxiliam na tomada de decisões da vida diária.

É o homem controlando o mundo e a natureza que o cerca. Não estamos incentivando o uso divinatório (ou adivinhatório) do Tarot, mas colocando-o à disposição do estudante que busca a si mesmo. Aqueles que buscam um melhor convívio com o meio em que vivem.

Como um espelho da realidade, nesse momento, o Tarot assume o papel de contato entre o Eu Interior e o Eu Exterior da pessoa. Semelhante à alma (psique), que une o espírito ao corpo, os Arcanos Menores unem o ser humano ao mundo que o cerca.

publicado por Zen às 00:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Os signos e a simbologia: Aquário

Simboliza na natureza a primeira assimilação do grão recém-semeado, integrando-se ao meio a simbologia do signo aquárioterrestre. Este signo fixo de ar não representa nem a ligação da mente em Gêmeos, nem a do coração em Libra, mas a ligação da alma revelada pelo mundo das afinidades eletivas, cujo alcance final é a fraternidade universal.

Diante de Leão, que personifica a realização do indivíduo, cuja vontade está inteiramente a serviço do Eu, Aquário representa o acesso ao grau superior da pessoa mediante a aceitação dos outros, até a destinação final que é a participação universal.

A tradição fez de Saturno o planeta regente deste signo: A dedicação saturnina não é mais um dever e sim uma alegria, um desejo de se perder, uma realização. Desde a descoberta dos novos planetas, Urano é seu segundo regente.

publicado por Zen às 23:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Os signos e a simbologia: Capricornio

Simboliza na natureza, o despojamento, o encolhimento, o silêncio, a concentração do inverno em a simbologia do signo capricorniosua rígida grandeza. Signo cardeal da terra, marca o período em que o grão fica enterrado no solo, esboço de um lento amadurecimento sem alarde, em vista de uma última conquista num prazo distante.

E, ao mesmo tempo, símbolo de uma meia-noite celeste, em que o solstício de inverno aparece como uma fase de concepção, de raiz, de base (daí vem a relação com a estrutura das coisas), e de um meio-dia terrestre que tem sua réplica na X Casa durante o ciclo do dia e, como tal, de um cume, lugar predileto da cabra.

Oposto a Câncer, que é o signo da mãe, do berço, da encarnação e do íntimo como também do supra-sensivel, o capricorniano tende ao impessoal, à desmaterialização, à liberação das coisas terrestres.

publicado por Zen às 11:49
link do post | comentar | favorito

Os signos e a simbologia: Sagitário

É difícil referir-se aos fenómenos da natureza quando se fala deste signo pois, após as A simbologia do signo Sagitáriotransformações a que foi submetida em Escorpião, a vegetação é inexistente.

 

A energia sagitariana opera uma projecção daquilo que o Escorpião aglomerou para destiná-lo a um determinado objectivo. Nisso, justifica-se a imagem do centauro, atirando uma flecha em direção ascendente. Trata-se de reunir o próximo ao distante para fazer triunfar o segundo sobre o primeiro graças à união do inferior com o superior: o cavaleiro duplica-se pela força do cavalo ao fazer corpo com o seu corcel, pernas encostadas no abdômem (relação do Sagitário com as coxas em L’homme-zodiaque).

 

O fogo sagitariano pode renunciar a servir (como um Leão) a magnificência do ego para atingir a experiência transindividual. E, ao contrário de Gêmeos, signo oposto, que é todo dualidade e diferenciação, Sagitário é o reino da unificação, da reunião, da fusão, da síntese. Está sob os auspícios planetários de Júpiter, princípio de coesão, coordenação e integralização.

publicado por Zen às 11:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Os signos e a simbologia: Escorpião

Simboliza na natureza a agonia da vegetação, a queda e decomposição das folhas, expressão da dA simbologia do signo escorpiãoestruição dos valores, dos objetos e das formas exteriores em favor de um processo de fermentação, putrefação e desagregação. Este signo fixo de água é o signo da água parada e fétida dos pântanos, como também o da aguardente ou da lava vulcânica.

Em oposição a Touro, que corresponde aos valores de captação e aquisição da boca, representa o ânus, que corresponde psicanaliticamente aos valores excrementícios: dejeção, expulsão, liquidação, restituição. Ele transforma, destrói, corrompe, recompõe. Mas, além de corresponder ao ânus, com sua carga de pulsações agressivas, ele também corresponde ao sexo com sua força criadora, fecundante.

Este signo está sob o domínio de Marte e Plutão, o “Príncipe das Trevas”, símbolo das profundezas e das trevas da nossa noite primordial, principalmente de nossos mundos infernais.

publicado por Zen às 11:05
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Os signos e a simbologia: Caranguejo

Simboliza na natureza. O primeiro período do verão que corresponde à formação das  sementes e signo caranguejo e a sua simbologiarepresenta o triunfo das forças geradoras maternas. Concepção, gestação, maternidade, este é o processo do caranguejo no seu contexto alimentar, digestivo, formador (correspondente ao estômago e ao peito feminino).

Simboliza também a água primordial, as águas-mães, na época do ano em que a seiva vegetal enche os tecidos da natureza em plena fecundidade. O crustáceo (caranguejo) que o representa é particularmente prolífico; vive sob uma concha, como os embriões, ovos, fetos e gomos, esboços e prefigurações da vida que renasce (concha,  matriz, casca, envelope); como também anda para trás, simbolo de uma volta, de um refluxo sobre o seu  passado.

Essa natureza é de essência lunar, pois a Lua é simbolo da mãe e da criança, da água, do crescimento, da  alimentação, da fecundidade, da vida vegetativa, instintiva, crepuscular, inconsciente.

publicado por Zen às 23:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Os signos e a simbologia: Gémeos

Simboliza a natureza, após o desabrochar de Carneiro e a encarnação de Touro, a conquia simbologia do signo gémeossta da
área da vegetação pelos ramos e as folhagens. Esse terceiro trecho primaveril é o da plenitude da função clorofiliana em correspondência com o aparelho pulmonar, sede da função respiratória, e com os membros superiores, órgãos da motilidade.

 

Tudo é dualidade neste signo bipolar de ar: os dois braços, os dois lobos pulmonares, aspiração e expiração, os dois bastõezinhos verticais do seu ideograma, os dióscuros Castor e Polux do símbolo. É também o signo dos ritmos e dos movimentos rápidos, das íntimas relações com o meio ambiente, bem como da vida do espírito.

 

Enquanto Áries é hipermacho e Touro hiperfêmeo, Gêmeos é um signo andrógeno, o signo da
polarização, da diferenciação dos dois princípios opostos e complementares. Sua natureza é a da corelação, de intercâmbios, de movimento, de adaptação, de comunicação, de interpretação, de cerebralização.
 

publicado por Zen às 16:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.posts recentes

. Uma pequena oração

. Aprender a desculpar. Com...

. Curso de Tarot Intuitivo

. O Tarot e os arcanos meno...

. Os signos e a simbologia:...

. Os signos e a simbologia:...

. Os signos e a simbologia:...

. Os signos e a simbologia:...

. Os signos e a simbologia:...

. Os signos e a simbologia:...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds